Endodontia

endodontia-interna-odontologia-avancada

É necessário realizar o tratamento de canal quando a polpa dentária (tecido localizado no interior do dente onde se encontram vasos sanguíneos e nervos) está inflamada de forma irreversível, infectada por bactérias ou necrosada.

O problema de canal é normalmente causado por cárie extensa, mas pode ser causado por fratura dental ou mesmo por algum trauma.

O tratamento consiste na remoção da polpa do dente, modelagem do canal e preenchimento do espaço antes ocupado pela polpa, por um material obturador do canal, podendo, em alguns casos, ser realizado em apenas uma consulta.

Após o tratamento de canal o dente necessitará de uma restauração ou prótese para voltar a sua forma e função normal. É muito importante o controle radiográfico após alguns meses da obturação do canal para avaliar o sucesso do tratamento.

Diferenciais da Odontologia Avançada

A evolução do tratamento endodôntico pode ser observada com o surgimento de novas tecnologias, entre as quais localizadores eletrônicos apicais, ultrassom, instrumentos rotatórios e uso de microscópio clínico, que possibilitam a realização de uma Endodontia segura e rápida, com resultados mais previsíveis do que os alcançados há alguns anos atrás.

A introdução de radiografias digitais na rotina do tratamento endodôntico adiciona um avanço significativo em relação à avaliação e diagnóstico de alterações ósseas das regiões perirradiculares, com menos radiação e rapidez em adquirir as imagens.

A terapia fotodinâmica (laser de baixa intensidade e corante), como coadjuvante ao tratamento endodôntico para a redução bacteriana, já é uma realidade.

O uso do microscópio operatório na prática da Endodontia representa um dos avanços mais importantes para esta especialidade, na resolução de situações difíceis como: localização de canais calcificados e atrésicos; visualização e vedamento de perfurações e reabsorções; identificação de canais extras e quartos canais nos molares; remoção de instrumentos fraturados; remoção de núcleos, cones de prata e cimento; observação de trincas e fraturas e em cirurgias paraendodônticas.

endodontia-foto-interna-odontologia-avancada

Deixe um comentário